APRENDA GEOGRAFIA

BONS ESTUDOS

PROF. FABIO TADEU

domingo, 9 de dezembro de 2012

VALSA COM BASHIR -WALTZ WITH BASHIR



Depois de conversar com um amigo sobre a participação deles na Guerra do Líbano no começo da década de 80, o diretor Ari se dá conta de que há uma grande lacuna na sua memória referente àquela época. Ele resolve, então, sair em busca de seus ex-companheiros de exército israelense para reconstruir o que viveram e o que realmente aconteceu naquele período de tempo. Cada conversa lhe traz novas lembranças e imagens do horror que vivera. Feito todo em animação, é um filme que encontra uma forma interessante de relatar massacres e crueldades de conflitos no Oriente Médio. Tema extremamente forte, tratado com sobriedade e com um final chocante.



http://www.youtube.com/watch?v=n9IZq8eqIgA&noredirect=1

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

ENERGIA MAREMOTRIZ


A Coppe, instituição de pesquisa de engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), possui três projetos de produção de energia renovável por meio do mar sendo desenvolvidos pelos seus técnicos e colaboradores de universidades e demais órgãos de ensino País afora. O experimento apresentado no vídeo tem como fonte de energia o movimento das ondas do mar.

Áreas de risco: informação para prevenção


O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) elaborou um vídeo para orientar a população na prevenção de desastres em áreas de risco. Trata-se de uma excelente ferramenta, que, de forma didática, coloca a questão exatamente nos termos em que deve estar. Ou seja, como ocupar estas áreas de forma a minimizar ao máximo os riscos.


sexta-feira, 29 de junho de 2012

terça-feira, 12 de junho de 2012

NOVO CÓDIGO FLORESTAL

http://www.youtube.com/watch?v=6uNzHUGbYSM&feature=fvwrel



Confira a seguir, os pontos onde ainda não há consenso: 
link ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (APPs): 
Um dos temas que provoca embates mais acirrados entre ruralistas e ambientalistas. A lei atual define como APP topos de morros e encostas íngremes, entre outros, e restringe sua ocupação. Também entram no conceito de APP as matas localizadas ao longo de leitos de rios, nascentes, lagos.
O relatório original flexibiliza o uso dessas áreas. Ambientalistas acreditam que deixar a definição das APPs a cargo de órgãos locais poderia causar a descentralização do Código e provocar diferenças gritantes entre os Estados.
Além disso, a legislação atual determina que deve-se preservar a vegetação numa faixa de 30 metros ao longo de cursos d'água que tenham largura de até 10 metros. O texto de Rebelo, entregue em 2 de maio, prevê a manutenção desta faixa. Anteriormente ele previa diminuir a extensão da área para 15 metros de mata nativa para leitos com até 5 metros de largura. O texto flexibiliza a forma como os proprietários rurais terão de cumprir esta exigência.
link RESERVA LEGAL: 
A lei ambiental em vigor determina que todo proprietário rural deve manter preservada uma parcela de mata nativa - a Reserva Legal. Propriedades localizadas na região da Amazônia Legal devem preservar 80% da terra em áreas de floresta e 35% em áreas de cerrado. Em outros biomas, a exigência é de 20%.
O relatório mantém esses percentuais, mas desobriga propriedades de até 4 módulos fiscais de recompor a reserva desmatada ilegalmente até julho de 2008. O tamanho de um módulo fiscal varia de município para município.
Há locais, no Acre e no Amazonas, em que um módulo equivale a 100 hectares, o que quer dizer que propriedades de até 400 hectares nesses Estados podem ficar isentas de recompor Reserva Legal. Ambientalistas temem que grandes propriedades sejam divididas artificialmente para se encaixar na brecha que a proposta pode abrir.
Outro detalhe que causa atrito reside na possibilidade de computar, no cálculo da Reserva Legal, a área abrangida por APP. Dessa forma, desconta-se da reserva o que o produtor possuir de área de preservação.
Ruralistas alegam entraves burocráticos principalmente para a averbação - registro em cartório das reservas mediante estudos técnicos - e dificuldades de cumprir os percentuais vigentes. O valor estimado para a recomposição da área desmatada é de, em média, 7,5 mil reais por hectare.
link ANISTIA:
O relatório em discussão na Câmara pretende suspender as multas aplicadas a proprietários rurais que desmataram até julho de 2008. Em compensação, eles terão de recompor a área degradada num prazo de 20 anos. Apenas os pequenos agricultores ficam desobrigados de recompor reserva.
Setores ambientalistas têm mostrado disposição e flexibilidade em discutir o assunto, desde que seja oferecido algum benefício àqueles que cumpriram a lei florestal.
lista  HISTÓRICO 
link  O primeiro Código Florestal brasileiro foi instituído em 1934, por meio de decreto. 
link  Em 1965, o Congresso aprova o "Novo Código Florestal". 
link  A partir da década de 1980 são editadas diversas alterações da lei: medidas provisórias, decretos, instruções normativas. 
link  Uma dessas medidas, o decreto 7.029, deve levar à ilegalidade de cerca de 90% das propriedades do país, por não cumprirem o código atual. 
lista PRÓXIMOS PASSOS 
link O presidente da Câmara dos Deputados deve designar um relator de plenário para a matéria, que pode ser o deputado Aldo Rebelo. Uma vez votado na Casa, o projeto segue para o Senado e, após aprovado, deve ser sancionado pela presidente da República.

'Welcome to the Anthropocene' Earth Animation

http://vimeo.com/40940686#



This is the animation done by Globaïa for the short film 'Welcome to the Anthropocene' commissionned for the Planet Under Pressure conference.
The film charts the growth of humanity into a global force on an equivalent scale to major geological processes. The film is part of the world's first educational webportal on the Anthropocene: anthropocene.info
Watch the narrated version here: vimeo.com/anthropocene/shortfilm
Site: globaia.org
Contact us: info@globaia.org
HD stills of the original animation: igbp.net/5.1081640c135c7c04eb480001217.html

quarta-feira, 30 de maio de 2012

NARRADORES DO AÇÚ

http://www.youtube.com/watch?v=RA9h2AKGlSc&feature=related






Espaço marcado pelas mãos dos trabalhadores, que com muito suor dedicaram suas vidas a cuidar do campo é retirado sem dor. Produtores rurais do 5º Distrito de São João da Barra não tiveram tempo de contar suas histórias, só tempo para retirar seus pertences e deixar suas lembranças para trás. Suas terras desapropriadas serão utilizadas para a construção de estaleiros do Porto do Açu, com investimentos avaliados em mais de um bilhão de dólares, valor que não paga uma história de vida. Este webdoc se destina ao registro do que têm a dizer os atingidos pelas desapropriações no 5º Distrito de São Jõa da Barra RJ. 
Diretor: Leticia Pinto Bucker
Duração: 18min 
UF/Ano: RJ/2011
Assista ao vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=RA9h2AKGlSc

domingo, 13 de maio de 2012

Documentário Reação em Cadeia O Mundo sem Petróleo HD



http://www.youtube.com/watch?v=Myl7bv2hQSc


Documentário : Reação em Cadeia O Mundo sem Petróleo

Sinopse - Reação em Cadeia: O Mundo sem Petróleo: Como seria o nosso planeta se ficássemos sem petróleo? O combustível principal do nosso mundo altamente tecnológico e móvel não dura para sempre. Fique a conhecer um cenário daquilo que aconteceria num dia em que as reservas de petróleo chegassem ao fim. O que mudaria no nosso mundo e como é que nos iríamos adaptar? Veja como seriam os caóticos dias e meses que se seguiriam ao catastrófico acontecimento através de recriações, imagens feitas por computador e animações. Como iríamos gerir a falta de comida, as falhas na electricidade e os Invernos que transformariam as grandes cidades em grandes aglomerados de betão e vidro isolados. O que será mais importante para a nossa sobrevivência -- a tecnologia para desenvolver novas fontes de energia ou a mudança para um estilo de vida mais sustentável?

sábado, 5 de maio de 2012

SERVIDÃO MODERNA



http://www.youtube.com/watch?v=B7hSxm67izU&feature=related

Servidão Moderna
"De la Servitude Moderne"
(França - Colômbia, 2009, 52min - Direção: Jean-François Brient)

Comentário do site oficial:
A servidão moderna é uma escravidão voluntária, consentida pela multidão de escravos que se arrastam pela face da terra. Eles mesmos compram as mercadorias que os escravizam cada vez mais.

Eles mesmos procuram um trabalho cada vez mais alienante que lhes é dado, se demonstram estar suficientemente domados. Eles mesmos escolhem os mestres a quem deverão servir. Para que esta tragédia absurda possa ter lugar, foi necessário tirar desta classe a consciência de sua exploração e de sua alienação. Aí está a estranha modernidade da nossa época.

Contrariamente aos escravos da antiguidade, aos servos da Idade média e aos operários das primeiras revoluções industriais, estamos hoje em dia frente a uma classe totalmente escravizada, só que não sabe, ou melhor, não quer saber.

Eles ignoram o que deveria ser a única e legítima reação dos explorados. Aceitam sem discutir a vida lamentável que se planejou para eles. A renúncia e a resignação são a fonte de sua desgraça.

Créditos:
1- SITE OFICIAL:
http://www.delaservitudemoderne.org/
2- Legendas em português:
http://docverdade.blogspot.com/2010/01/da-servidao-moderna-de-la-servitude.html

quinta-feira, 19 de abril de 2012

População mundial já somos 7 bilhões - Revista National Geographic Brasil

Ao longo do ano de 2011 a revista NATIONAL GEOGRAPHIC BRASIL vai discutir os desafios do crescimento da população mundial, que está prestes a atingir a marca de 7 bilhões de habitantes. A série de grandes reportagens começou nesta edição de janeiro. Neste vídeo, veja detalhes da reportagem de capa de revista NATIONAL GEOGRAPHIC BRASIL de janeiro


.http://www.youtube.com/watch?v=YNFj9L6pcTY&feature=fvwrel


REGIONALIZAÇÃO DO BRASIL

http://www.youtube.com/watch?v=uK-Q63facGo&feature=related

Em seus mais de 8,5 milhões de km2, o Brasil engloba diferentes aspectos naturais, humanos e econômicos. Levando-se em conta essa diversidade, costuma-se dividi-lo em regiões, com base na relativa homogeneidade observável em determinadas áreas.  Para efeito administrativo, adota-se a divisão em cinco macroregiões proposta pelos Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que foi criado em 1934 com a finalidade de fazer levantamentos econômicos, demográficos e sociais que possibilitassem um conhecimento mais empírico da realidade brasileira.

sábado, 31 de março de 2012

CIDADE DO SILÊNCIO

Sinopse: O filme trata sobre uma repórter de Chicago que vai para a cidade mexicana de Juarez, fronteira com os Estados Unidos. Ela quer investigar intrigantes assassinatos envolvendo jovens funcionárias de uma fábrica. Ao se aprofundar no caso , ela eventualmente conquista a confiança dos habitantes, mas também pode acabar se tornando mais uma das vítimas.http://www.youtube.com/watch?v=K4mNlPANc-E&feature=related

Nós que aqui estamos, por vós esperamos




Sinopse
O documentário brasileiro, de 1998, “Nós que aqui estamos, por vós esperamos” de Marcelo Masagão é uma leitura cinematográfica do livro A Era dos Extremos, de Eric Hobsbawm. O filme mostra, através de uma montagem de imagens do séc. XX e da música de Wim Mertens, todas as contradições e contrastres de um mundo que se envolve em dois grandes conflitos internacionais, banaliza a violência e coloca em campos opostos desenvolvimento tecnológico e existência humana.

Encontro com Milton Santos ou o Mundo Global Visto do Lado de Cá



Sinopse:
O filme trata do processo de globalização com base no pensamento do geógrafo Milton Santos, que, por suas idéias e práticas, inspira o debate sobre a sociedade brasileira e a construção de um novo mundo.


http://www.youtube.com/watch?v=GntDtPUdnvc


quarta-feira, 14 de março de 2012


ZONA DO CRIME
O adolescente Alejandro vive num complexo residencial fechado, um refúgio para os ricos no meio da tumultuada Cidade do México. O condomínio é protegido por seguranças e cercado de uma pobreza gritante. Nas primeiras horas de seu aniversário, três criminosos da favela vizinha invadem uma das casas do condomínio. Durante a tentativa de roubo armado que se segue, uma velha moradora é morta, mas sua empregada doméstica foge e chama a polícia. Os guardas do condomínio agem de forma rápida e brutal: dois dos criminosos morrem baleados. O terceiro, Miguel, escapa e perde-se dentro da zona do crime. 


http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-33002009000300005&script=sci_arttext http://www.youtube.com/watch?v=oWif7z_pnbU